1. Tabela de Códigos TUSS/CBHPM

Pergunta: Quais os códigos de procedimentos da alergologia presentes na CBHPM?

Resposta: Seguem abaixo a Tabela de Códigos e respectivos portes e a tabela de Custo Operacional revisado em 2016.

CÓDIGO PROCEDIMENTO PORTE C. OPERACIONAL
4.14.01.06-9 Provas imuno-alérgicas para bactérias (por antígeno) 1C 0,1
4.14.01.07-7 Provas imuno-alérgicas para fungos (por antígeno) 1C 0,1
4.14.01.53-0 Teste cutâneo-alérgicos Epitelios de Animais 1C
4.14.01.52-2 Teste cutâneo-alérgicos para látex 1C
4.14.01.08-5 Teste da histamina (duas áreas testadas) 1A
4.14.01.10-7 Teste de broncoprovocação 3B 3,2
4.14.01.29-8 Teste para broncoespasmo de exercício 3B 3,2
4.14.01.36-0 Testes cutâneo-alérgicos para alérgenos da poeira 1C
4.14.01.37-9 Testes cutâneo-alérgicos para alimentos 1C
4.14.01.38-7 Testes cutâneo-alérgicos para fungos 1C
4.14.01.39-5 Testes cutâneo-alérgicos para insetos hematófagos 1C
4.14.01.40-9 Testes cutâneo-alérgicos para pólens 1C
4.14.01.42-5 Testes de contato – até 30 substâncias 3C 7,26
4.14.01.43-3 Testes de contato – por substância, acima de 30 0,25 de 1A
4.14.01.75-1 Teste de contato – Bateria cosméticos 3C 6,8
4.14.01.77.8 Teste de contato – Bateria capilar 3C 6,07
4.14.01.78.6 Teste de contato – Bateria unhas 3C 6,26
4.14.01.76.0 Teste de contato – Bateria regional 3C 6,45
4.14.01.80-8 Teste de Contato Bateria Agentes Ocupacionais 3C 6,07
4.14.01.79-4 Teste de contato – Bateria medicamentos 3C 6,07
4.14.01.44-1 Testes de contato por fotossensibilização – até 30 substâncias 3B
4.14.01.45-0 Testes de contato por fotossensibilização – por substância, acima de 30 0,30 de 1A
4.01.05.05-9 Medida de pico de fluxo expiratório 1A
4.01.05.06-7 Medida seriada por 3 semanas do pico de fluxo expiratório 1A 1,0
4.14.01.51-4 Oximetria não invasiva 1A 1,283
2.01.04.13-8 Imunoterapia específica -30 dias -planejamento técnico 2C
2.01.04.14-6 Imunoterapia inespecífica – 30 dias – planejamento técnico 2C
2.01.04.39-1 Terapia imunobiológica intravenosa (por sessão) 4C
2.01.04.42-1 Terapia imunobiológica subcutânea (por sessão) – ambulatorial 2C
2.01.04.23-5 Terapia inalatória – por nebulização 1A
2.02.04.15-9 Pulsoterapia intravenosa (por sessão) 4C
2.02.04.16-7 Terapia imunobiológica intravenosa (por sessão) 4C
2.01.03.24-7 Exercícios para reabilitação do asmático (ERAC) – por sessão coletiva 1A 0.440
2.01.03.25-5 Exercícios para reabilitação do asmático (ERAI) – por sessão individual 1B 0.440
4.14.01.11-5 Teste de caminhada de 6 minutos 1C 0,800
2.01.04.02-2 Aplicação de hipossensibilizante – em consultório (AHC) exclusive o alérgeno – planejamento técnico 1A
2.02.04.17-5 Terapia imunobiológica subcutânea (por sessão) – hospitalar 2C

<!–

A (AMB) divulgou os novos valores referenciais aos serviços médicos e unidade de custo operacional no período de outubro de 2016 a setembro de 2017. O índice no período de outubro de 2015 a setembro 2016 foi de 9,15% (INPC/IBGE).

–>